Um Deus indomável.

"O coração do rei é como um rio controlado pelo Senhor; ele o dirige para onde quer." PV 21.1


Tenho estado meio chateado com Deus!


Confesso que tenho dito a ele sobre meus sentimentos e medos, com a finalidade indisfarçável de o comover, convencendo-o do que preciso e quero atingir para mim mesmo.


Reverbero no coração (minha caixa de ressonância) o que acredito que necessito desfrutar, com a clara intencionalidade de fazer com que ele veja.


Hoje, em meu encontro diário em oração meditativa, não foi diferente: a mesma ladainha!


Chego a brincar com palavras e sentimentos: será que Ele é surdo ou sofre de Alzheimer?


Leio um capítulo de provérbios por dia; e como hoje são 21/11, é dia do capítulo 21.


Logo no primeiro verso do capítulo em questão, deparo-me com essa "pedrada" divina expressa no verso acima.


É o Senhor me falando claramente: "não adianta choramingar, pois você não sabe de nada, ainda que acredite que é um rei em compota!


Eu vou conduzi-lo e protegê-lo de você mesmo. Entenda definitivamente: EU SOU INDOMÁVEL!"


Tá bom, disse eu, meio sem graça, como alguém que é pego com a boca na botija.


É! Tenho sabido...


É hora de crescer!


É hora de aprender!


É hora de caminhar, apenas caminhar, pois o meu Deus indomável irá sempre à minha frente.


Devagar estou aprendendo a amá-Lo e a descansar Nele.


Bom dia a tod@s.


Pastor Marcos Amaral

Igreja Presbiteriana de Jacarepaguá

0 visualização

© 2019 por Igreja Presbiteriana de Jacarepaguá | Rua Félix Crame, 59 - Pechincha | Domingo 10h | (21) 3342-3330

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • SoundCloud - Círculo Branco
  • Spotify - Círculo Branco