Deus não é sádico.

Atualizado: 12 de Jan de 2019

"Foi ele quem preservou as nossas vidas impedindo que os nossos pés escorregassem. 

Pois tu, ó Deus, nos submeteste à prova e nos refinaste como a prata." Salmos 66.9,10


Não estou entre aqueles que gostam ou aceitam o sofrimento com facilidade ou alegria, não estou mesmo!


Entretanto, não há como deixar de admitir que nossos grandes saltos existenciais se dão em meio a esses indesejáveis dias.


"Aquilo que não me mata, só me fortalece", Friedrich Nietzsche.


Fui aluno do Colégio Naval e aspirante da Escola Naval. E, apesar de ter vivido inúmeras e inesquecíveis emoções, houve uma em particular que me marcou enormemente.


Acho que em 1981 ou 1982, morreu de infarto, pelo que me lembro, o mais novo Almirante da Marinha do Brasil.


Seu corpo foi velado na Escola Naval, e, para meu azar - assim imaginava - fui um dos escalados a montar guarda ao lado de seu caixão, durante um dos "eternos" turnos da madrugada.


Foram as duas horas mais longas e mais produtivas da minha aspirante vida.


Não havia outra coisa a fazer ali, como estátua fúnebre, a não ser refletir; mergulhar em direção ao meu interior; e considerar a falibilidade da existência.


Como sou grato àquele "maldito"  veterano por ter me escalado para a empreitada de montar guarda ao lado do finado.


Deus não é nenhum sádico, mas, sim, um Pai muito amoroso.


Não duvide disso nunca!!!


O breve e indesejado momento pelo qual você passa, esteja certo, "se não vier a matar, por certo vai fortalecer você".


Pastor Marcos Amaral

Igreja Presbiteriana de Jacarepaguá

0 visualização

© 2019 por Igreja Presbiteriana de Jacarepaguá | Rua Félix Crame, 59 - Pechincha | Domingo 10h | (21) 3342-3330

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • SoundCloud - Círculo Branco
  • Spotify - Círculo Branco